Bem Vindo ao seu blog de Nutrição

Contatos:

Personal Diet: (11) 7889.8512

Clínica Fisio Shape:
Av. Pacaembu, 1862 - Pacaembu
Tels: (11) 3871.0649 / 3871.0842

Agende agora sua avaliação nutricional.



segunda-feira, 28 de junho de 2010

MAIS DICAS PRA NÃO DEIXAR A COPA TE SABOTAR!!!


A cada jogo que passa a ansiedade aumenta.
As famílias e amigos se reunem em frente da TV.... e lá vem a orgia gastronômica!
Cuidado pois se formos à final o que vai ser da nossa dieta?
Por isso posto mais algumas dicas:

-Vá alimentado!
-Sente-se longe dos petiscos e doces!
-Sirva alimentos leves:


  • espiga de milho
  • pipoca sem manteiga
  • palitos de pepino, cenoura e erva doce
  • mussarelinha de búfala
  • queijo branco light em cubinhos com orégano e azeite
  • salada de frutas
  • picolé de frutas
  • sucos naturais variados (principalmente o de laranja no próximo jogo!!!)

E caso não resista, use a lei da compensação: na próxima refeição faça uma desintoxicação, tome sopa, suco e chá!

PRA FRENTE BRASIL!!!!

sábado, 26 de junho de 2010

MENINAS! ALIMENTAÇÃO CONTRA TPM! COM DICA DE CARDÁPIO!!!

Uma sigla que assombra as mulheres?

TPM.

Ela mesma. Sinônimo de inchaço, mal humor, fome descontrolada, vontade de comer chocolate, dor nos seios e outras “cositas mas”.

Quer espantar os sintomas da TPM?


Então a nutrição pode lhe ajudar bastante!


DICAS:

-Tome muita água. Ela desintoxica o organismo e ajuda a desinchar. Tome chás (menos mate e preto), sucos naturais, água de côco, sopas sem creme de leite.


-Tenha uma alimentação rica em fibras. As fibras estão nos alimentos integrais (pão, macarrão, cereais), frutas, vegetais. Elas também ajudam o organismo a desintoxicar. Além de que ajudam a manter a glicemia (açúcar no sangue) estável e dessa maneira não sentimos vontade de beliscar o dia todo.


-Os cereais integrais (juntamente com os vegetais verde escuros e as carnes) também são ricos em vitaminas do complexo B. Essas vitaminas diminuem as dores de cabeça e a vontade de atacar os doces. A Vitamina B6 particularmente, controla os efeitos da aldosterona (hormônio produzido pela supra renal na fase pré menstrual que reduz a excreção de sódio, causando assim o inchaço).


-Coma peixes de água fria (salmão, arenque, atum) e óleo de linhaça. Eles são ricos em ômega-3, uma gordura que tem propriedades antiinflamatórias (diminuindo o aparecimento de espinhas, celulite). O ômega-3 também auxilia na manutenção do bom humor!


-Coma oleaginosas. O que são elas? Nozes, castanhas, amêndoa, pistaches. São ricas em gordura poliinsaturada que combatem a inflamação também. Mas não exagere já que elas são calóricas.


-Alimentos ricos em magnésio (abacaxi, vagens, castanhas, nozes, cenouras, folhosos verde-escuros e carboidratos complexos e integrais) controlam a voracidade por doce, o aumento do apetite e a dor de cabeça.


-Alimentos ricos em triptofano (um aminoácido precursor da serotonina, responsável pela sensação de bem estar) são muito bem vindos. E são eles: leite e derivados (prefira os desnatados e magros), produtos a base de soja, frutos do mar, feijão, lentilha, arroz e grãos integrais, oleaginosas, ovos e sementes de girassol e gergelim.
-Alimentos probióticos também são uma boa pedida, já que um de seus benefícios é enriquecer a flora intestinal, fazendo com que o intestino funcione direito e regularmente e elimine toxinas (subprodutos do metabolismo).

-Para diminuir a irritabilidade, a ansiedade e a insônia, causadas pela elevação do estrogênio e a diminuição da progesterona (característico dessa fase do ciclo) abuse de alimentos ricos em zinco: carnes magras, peixes (incluindo ostras e crustáceos), leite, cereais integrais, feijões e nozes.



DICA DE CARDÁPIO PARA DIAS COM TPM (cerca de 14 dias antes da menstruação):

Café da Manhã:

1 copo de suco de abacaxi, gengibre, maçã, laranja, couve e aveia em flocos +

1 fatia de pão integral +

1 colher de sopa de queijo tipo cottage +

½ fatia de mamão papaya com 1 colher de sopa de granola sem açúcar


Lanche da Manhã:

1 pote de iogurte desnatado com 1 colher de chá de semente de girassol


Almoço:

1 prato de sobremesa de salada de vagem e cenoura cozidos no vapor al dente temperada com óleo de linhaça, limão e uma pitada de sal marinho +

3 colheres de sopa de arroz integral com cenoura ralada +

1 filé de peito de frango grelhado com suco de laranja e alecrim +

1 concha de feijão +

Sobremesa: 1 fatia de manga


Lanche da tarde:

1 pote de salada de frutas com 2 nozes picadas


Jantar:

1 prato de sobremesa de salada de agrião, rúcula, folhas de espinafre e grãos de soja temperada com azeite e aceto balsâmico +

1 filé de salmão assado no envelope de papel alumínio +

1 pegador de macarrão gravatinha integral com brócolis picadinho e azeite +

4 colheres de sopa de abobrinha fatiada refogada com tomate, cebola, alho e orégano


Ceia:

1 xícara de chá de ervas +

2 cookies integrais de gérmen de trigo




segunda-feira, 21 de junho de 2010

FESTA JUNINA LIGHT - TV RECORD


Hoje gravei um quadro para o Fala Brasil da Tv Record
A matéria era sobre como preparar pratos típicos de uma festa junina, porém substituindo ingredientes comuns por ingredientes light. Assista abaixo!
video
Fizemos Canjica light, Arroz doce light, Cuscuz de tapioca light, Quentão light e Bolo de fubá light.

As receitas ficaram deliciosas e em alguns pratos conseguimos uma economia de até 85% no valor calórico total da porção!

Além disso, comentei sobre 2 opções naturalmente light:

A espiga de milho (108kcal) e a pipoca (25g=111kcal). Ambas sem manteiga, é claro!

Então confira a matéria na íntegra, na Rede Record, Programa Fala Brasil, 8:30 da manhã!

VOCÊ SABIA? - AGROTÓXICOS E ARROZ TRANSGÊNICO


IMPORTANTE!

Você sabia que o Brasil é o país que mais utiliza Agrotóxicos PROIBIDOS em outros países?

E que está para ser aprovado o plantio em nosso país, de um arroz transgênico, cultivado pela Bayer?

E o pior: Esse arroz necessita de 2 tipos de agrotóxicos, também produzidos pela Bayer que são proibidos em outros países. Há uma lei na Europa que extingue o uso desses 2 agrotóxicos em toda a Europa até no máximo 2017!

Precisamos ficar ligados no que estamos comendo...

Será que realmente sabemos o que comemos?

Fica o alerta!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

XÔ GORDURAS?? NÃO É BEM ASSIM...


A IMPORTÂNCIA DA GORDURA NA ALIMENTAÇÃO


Nos últimos anos, a gordura tem sido associada à prevalência de doenças cardiovasculares, principalmente, a hipertensão. Podemos imaginar, portanto, o cuidado que devemos ter em ingerir em nossas refeições esse macro nutriente tão importante para a vida.


Devemos entender que a gordura é uma parte natural de todos os tecidos vivos e, desempenha um papel importante, nas várias funções no organismo humano.


Ela corresponde por aproximadamente 25 a 30% do peso corpóreo de um adulto normal.


Não podemos esquecer que os seres humanos precisam de determinadas gorduras em sua alimentação para os processos químicos dos quais depende a energia, o metabolismo, a reprodução e, por fim, a sobrevivência.


Questões de modismo e do marketing dos produtos com baixo teor de gordura levaram muitas pessoas a acreditar que o caminho para a boa saúde e longevidade, não inclui gordura na alimentação.


Infelizmente, conferiram às gorduras uma péssima reputação.


Na verdade existem gorduras boas e gorduras prejudiciais, e é preciso distinguir com clareza essa diferença. Há dois tipos de gorduras – saturadas e não saturadas. Elas diferem na composição química e na forma como afetam nosso organismo.


As saturadas são encontradas em derivados do leite e em alguns produtos de origem animal, além de frituras. Esse tipo de gordura eleva o nível de colesterol no sangue, aumentando o risco de doenças coronarianas. Esse colesterol é denominado LDL (lipídios de baixa densidade, low density lipids) porque contém grandes quantidades de gorduras saturadas.


Além dela, existe a gordura TRANS desenvolvida pela indústria alimentícia para substituir o uso da banha nas preparações e que depois de anos de estudos, mostrou-se prejudicial. A gordura trans está presente em doces cremosos, biscoitos recheados, achocolatados líquidos e sorvetes cremosos. E cuidado! Inúmeros produtos colocam no rótulo que não há gordura trans em sua composição, mas isso NÃO é verdade! Não há quantidade significativa dessa gordura naquela porção, mas se ingerir o produto com frequência, estará sim consumindo gordura trans.


Por sua vez, gorduras não saturadas (mono e poliinsaturadas) são benéficas ao nosso organismo. Elas apresentam-se em alimentos como peito de frango, peixes e óleos vegetais. É denominado de HDL (lipídios de alta densidade, high density lipids) por ser rico em proteínas. O óleo de linhaça, rico em Ômega -3, também tem benefícios, entre eles antiinflamatórios e como amenizador de sintomas da TPM.


Além disso, a gordura auxilia no transporte e absorção pelo intestino das vitaminas lipossolúveis A, D, E e K e mais importante, participam do processo de produção de hormônios como a progesterona.


Portanto, eliminar toda a gordura de uma dieta pode não ser lógico e até mesmo desaconselhável em termos de saúde


A IMPORTÂNCIA DA GORDURA NA DIETA INFANTIL



A gordura não deve nunca ser excluída da dieta infantil. Ela é fundamental para a formação do sistema nervoso, a manutenção da temperatura do corpo e a produção de alguns hormônios. Além disso, elas são importantes fontes de energia. Se consumidas abaixo da quantidade indicada (45 g para crianças de 1 a 3 anos, 60 g para os que estão na faixa de 4 a 6 anos e 67 g para a turma entre 7 e 10 anos) podem provocar carência de vitaminas A, D, E e K, levar à desnutrição e prejudicar o crescimento. As principais fontes, que devem estar presentes diariamente na dieta das crianças, são os óleos vegetais, as carnes magras e o leite integral. A quantidade diária de gordura só deve ser reduzida depois do completo crescimento da criança, que ocorre na puberdade.

sexta-feira, 11 de junho de 2010

ALIMENTAÇÃO ANTI ENVELHECIMENTO

O que são os Radicais livres e os Antioxidantes que tanto ouvimos falar? São moléculas do organismo que apresentam um elétron instável em sua última camada. É como quando uma criança se perde de seus pais num shopping lotado e pega o primeiro adulto que vê pela frente para ajudá-la.

Dessa mesma maneira, o
radical livre se junta a outro elétron do nosso corpo para se tornar estável. Quando um desses elétrons instáveis procura e se liga a outro elétron de uma molécula próxima, ocorre uma ação oxidativa, o que em grandes quantidades pode acelerar o envelhecimento ou ainda desencadear doenças.

Os radicais livres passam a ter um efeito prejudicial ao nosso organismo quando ocorre um aumento excessivo na sua produção ou diminuição de agentes antioxidantes, que são substâncias que neutralizam esses radicais livres. A alimentação de maneira desequilibrada, com nutrientes em proporções erradas e a falta da ingestão suficiente de micronutrientes (Vitaminas e Minerais) que causa essa bagunça toda!

Claro que existem outras causas também: fumo, excesso de álcool, poluição, excesso de sol e sol em horas erradas sem protetor solar. E quanto mais uma pessoa ficar exposta a esses fatores externos, maior é a quantidade de radicais livres que se acumulam no seu corpo.

Com o tempo, esse efeito cumulativo pode causar alterações irreversíveis nas células ou mutações, que podem favorecer o aparecimento e o desenvolvimento de doenças como câncer, catarata, ateriosclerose e artrite. Também pode resultar em
envelhecimento precoce (rugas e manchas na pele).

Várias substâncias contribuem para o combate aos radicais livres. Essas substâncias são chamadas de
antioxidantes e são moléculas com carga positiva que se combinam com os radicais livres, de carga negativa, neutralizando-os.


Você é o que você come. Quantas vezes ouvimos esta frase... Mas ela é verdadeira.
Dá uma olhada: os antioxidantes nutricionais estão presentes nos alimentos e os mais importantes são:

-Vitamina C: Ela é um dos protetores cardíacos mais eficientes. Também protege a pele da ação dos raios ultravioleta. Ela ainda preserva a estrutura do colágeno que dá firmeza à pele. É encontrada em grande quantidade nas frutas cítricas e vegetais verde escuros (laranja, limão, lima, acerola, caju, kiwi, morango, couve, brócolis, tomate, etc);

-Vitamina E: É encontrada principalmente no germe de trigo (fonte mais importante), óleos de soja, arroz, algodão, milho e girassol, amêndoas, nozes, castanha do Pará, gema de ovo, vegetais folhosos e legumes;

-Vitamina A: Ela previne o envelhecimento da pele, com formação de rugas e fortalece cabelos e unhas. Ela também é coadjuvante no tratamento da acne e da queda de cabelos. É encontrada principalmente em alimentos como a cenoura, abóbora, fígado, batata doce, damasco seco, brócolis, melão;

-Selênio: O selênio é um mineral que auxilia na firmeza da pele. É encontrado na castanha do pará, alimentos marinhos, fígado, carne e aves;

-Zinco: O zinco é outro mineral que aumenta a ação das enzimas que combatem os radicais livres. É encontrado principalmente nas carnes, peixes (incluindo ostras e crustáceos), aves e leite. Cereais integrais, aveia, feijões e nozes são também boas fontes;

-Magnésio: O magnésio melhora a troca de nutrientes entre as células. Ele também atua na renovação de células, já que atua na formação dos tecidos. Onde é encontrado: nozes, leguminosas (feijão, lentilha, ervilha e grão de bico), milho, cenoura e frutos do mar.


-Bioflavonóides: São encontrados em frutas cítricas, uvas escuras ou vermelhas;

-Licopeno: É uma substância carotenóide que atua na cicatrização de microcortes e previne o câncer de próstata. É encontrada principalmente no tomate, mas ela só é absorvida se o tomate for cozido;

-Isoflavonas: Encontradas principalmente na soja, seu consumo pode prevenir doenças tais como câncer de esôfago, pulmão, próstata, mama e cólon retal, doenças cardiovasculares, osteoporose, diabetes, mal de Alzheimer. Também ameniza os sintomas da menopausa (BARNES, S; KIM, H. & XU, J., 1999; STEINBERG, P., 1996).;

-Catequinas: Seu consumo gera os seguintes benefícios: Interrompe o crescimento de células cancerosas, ao mesmo tempo que protege as células saudáveis. Reforça o sistema imunológico. Evita o envelhecimento precoce. Encontradas principalmente em frutas da família do morango, uva e chá verde;

-Ácido fenólico: Seu consumo pode induzir a uma vasodilatação, diminuindo o risco de doenças cardiovasculares. Encontrado na uva, morango, brócolis, repolho, cenoura, frutas cítricas, berinjela, tomate e grãos integrais;

-Ácido graxo ômega 3
: Tem ação anti-inflamatória.Encontrados no óleo de linhaça, nozes, peixes de água gelada;

-Curcumina: Seu consumo está relacionado com a prevenção de doenças degenerativas, câncer, hipercolesterolemis. Também tem efeito anti-inflamatório. Encontrado no açafrão, cominho;

-Genistelina: Seu consumo pode inibir o crescimento de tumores. Encontrado no brócolis;

-Indóis: São substâncias que induzem enzimas de proteção contra fatores cancerígenos. Encontrado no rábano, mostarda, rabanete;

-Betacaroteno: É a pró vitamina A. Encontrado em vegetais verde escuros e amarelo-alaranjados;

-Quercetina: Essa substância pode proteger o organismo contra o câncer. Ela também inibe a formação de coágulos. Encontrada em cascas de uva e vinhos.

Alimentação balanceada
Uma alimentação rica em vegetais, incluindo frutas diversas, leguminosas, cereais e hortaliças é a melhor proteção contra os radicais livres. As substâncias ativas encontradas nestes alimentos são excelentes antioxidantes que neutralizam a ação destes radicais.

O consumo dessas substâncias fortalece nosso sistema imunológico, além de reduzir o risco de uma série de doenças. Mas não se esqueçam de evitar os fatores externos também!

terça-feira, 8 de junho de 2010

Arroz doce light com iogurte para sua festa junina!!!!



Mais uma receita neste mês de Junho em homenagem às festas juninas!


Leia as propriedades dos ingredientes no final da receita!



ARROZ DOCE SEM AÇÚCAR E COM IOGURTE


Ingredientes:
-
2 colheres de sopa cheias de arroz
-½ copo de água filtrada
-1 copo de leite desnatado
-1/4 de xícara de iogurte natural
-2 colheres de sobremesa de óleo de canola


-um pouco de canela em pó


Modo de preparo:
Depois de escolher e lavar o arroz, coloque a metade para cozinhar com a água, o óleo e metade do leite. Vá mexendo e, aos poucos, acrescente o restante do arroz e do leite, até que fique bem cozido. Quando esfriar, acrescente o iogurte natural e mexa bem. Sirva com um pouquinho de canela em pó.


-A canela é considerada um alimento termogênico, ou seja, sua digestão necessita do gasto de mais calorias. Por isso, acredita-se que ela pode ajudar no emagrecimento.



-O arroz é um carboidrato, nos dá energia. Que tal tentar essa receita com arroz integral? Ele é rico em fibras e minerais!



-O óleo de canola é rico em Ômega -3. Ajuda a aumentar o bom colesterol!



-O iogurte é rico em proteínas e cálcio. Além disso tem propriedades probióticas, propiciando diversos benefícios ao organismo!

segunda-feira, 7 de junho de 2010

COMO ARMAZENAR OS ALIMENTOS NA GELADEIRA



Armazenar os alimentos na geladeira gera efeitos positivos:


-Os alimentos duram por mais tempo, gerando menos desperdício;


-Há menos perda de nutrientes dos alimentos;


-É uma das maneiras de se evitar a intoxicação alimentar.



A geladeira é um equipamento que deve ser limpo com detergente neutro, esponja macia e água fria, pelo menos a cada 15 dias.
Deve ser mantido longe do fogão e do sol (para garantir seu bom funcionamento) e sua regulagem deve ser observada com as mudanças de temperatura. No verão devemos manter o termostato próximo ao médio/máximo de refrigeração, e no inverno próximo ao mínimo, garantindo assim a estabilidade de temperatura interna para preservação dos alimentos, e consumo de energia compatível.

1) CARNES, AVES E PESCADOS: devem ser retirados das embalagens originais (colocar em sacos plásticos apropriados ou caixas plásticas). Aves e pescados devem ser lavados e depois guardados. O armazenamento deve ser feito nas gavetas (separadas dos demais alimentos) ou em prateleiras superiores, que são as mais geladas (maior contato com o frio, favorece a conservação). Por serem extremamente perecíveis o sangue acumulado deve ser escorrido e a vasilha do armazenamento lavada. As carnes podem ser temperadas antes do uso (máximo 12hs), devemos colocar somente o sal no ato do preparo para que não desprenda muito líquido ou escureça (no caso das carnes vermelhas), sinal de desidratação;

2) HORTALIÇAS DE FOLHA: devem ser retiradas das embalagens originais, lavadas e secas folha a folha pouco antes do uso (colocar em sacos plásticos apropriados, com pequenos furos para “respirar”). O armazenamento deve ser feito nas prateleiras inferiores (evitando assim a desidratação por exposição à parte mais fria) ou nas gavetas grandes (caso tenha “janelinha”, deve ser mantida aberta para que o ar circule e não estraguem);


3) FLORES (alcachofra, brócolis, couve flor): devem ser retiradas das embalagens originais (colocar em sacos plásticos apropriados, com pequenos furos para “respirar”). O armazenamento deve ser feito nas prateleiras inferiores (evitando assim a desidratação por exposição à parte mais fria) ou nas gavetas grandes (caso tenha “janelinha”, deve ser mantida aberta para que o ar circule e não estraguem);


4) RAÍZES E TUBÉRCULOS (batata, mandioquinha): devem ser retirados das embalagens originais, lavados e secos antes de guardar e ao consumir crus (colocar em sacos plásticos apropriados, com pequenos furos para “respirar”). O armazenamento deve ser feito nas prateleiras inferiores (evitando assim a desidratação por exposição à parte mais fria) ou nas gavetas grandes (caso tenha “janelinha”, deve ser mantida aberta para que o ar circule e não estraguem);

5) FRUTAS: devem ser retiradas das embalagens originais, lavados e secos antes de guardar e novamente ao consumir (colocar em sacos plásticos apropriados, com pequenos furos para “respirar”). O armazenamento deve ser feito nas prateleiras superiores ou do meio;

6) OVOS: devem ser retirados da embalagem original, lavados e secos. Seu armazenamento deve ser na primeira prateleira (em caixa plástica, vasilha ou retirar os casulos da porta) e nunca na porta, pois esta é a parte da geladeira cuja temperatura mais oscila e o movimento constante pode causar fissuras na casca abreviando a vida útil deste alimento ;


7) FRIOS E QUEIJOS: colocar em caixas plásticas (observar sempre a data de validade da embalagem original), hoje já existem potes específicos para frios. Guardar na gaveta abaixo da primeira prateleira ou nela própria, pois são muito perecíveis:

8) TEMPEROS, CONDIMENTOS, MAIONESE: podem ser guardados na porta da geladeira porque tem conservantes que garantem sua preservação. É importante sempre observar as datas de validade e manter as embalagens limpas.




Assista a Dra. Daniela Cyrulin, num vídeo explicativo sobre o assunto, na TV Gazeta! Mostre às suas funcionárias!


Parte 1: http://www.youtube.com/watch?v=sf3LmyaQ5-c&feature=related


Parte 2: http://www.youtube.com/watch?v=KesSt7_zmI8&feature=related


quarta-feira, 2 de junho de 2010

RECEITA DO MÊS!!! JUNHO


O mês de Junho já é mais friozinho e começa então a dificuldade de comer salada.

Ouço muito as pessoas dizendo que no frio não tem graça comer salada.

Mas a salada é uma das poucas oportunidades para se ingerir vegetais crus, tão ricos em fibras, vitaminas e minerais.

Por isso, pensei na salada de quinua. Além de ser muito nutritiva ela tem mais sustância. Diria que é mais "aconchegante" pra se comer no frio.

A quinua é riquíssima em proteínas (23% da sua composição). E são proteínas de alto valor biológico, ou seja, alta absorção.

Ela possui os 20 aminoácidos que o nosso organismo necessita, incluindo os 10 essenciais (que não são produzidos pelo nosso organismo).

Ela também é rica em ômega 3 e 6, vitaminas A, B6, E e C. Contém ferro, cálcio e fósforo.

Apesar de ser altamente nutritiva, deve-se observar a quantidade ingerida e não exagerar, já que é calórica (347kcal a cada 100g).

Recomendo 4 colheres de sopa de Tabule de quinua com 100g de quibe assado, 1 colher de sopa de coalhada fresca e 1 pão sírio integral.

Delícia de refeição!


TABULE DE QUINUA

Ingredientes:

-2 xícaras de chá de quinua cozida e fria

-2 tomates sem sementes cortados em cubinhos

-1/4 de xícara de folhas de hortelã picadas

-1 cenoura ralada

-1 pepino sem casca cortado em cubos

-3 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem

-2 colheres de sopa de suco de limão

-sal marinho e pimenta do reino moída na hora a gosto


Modo de preparo:

Misturar todos os ingredientes (menos o azeite, limão, sal e pimenta) e deixar gelar por 1 hora.

Na hora de servir, temperar com o azeite, limão, sal e pimenta.


Bom apetite!!!