Bem Vindo ao seu blog de Nutrição

Contatos:

Personal Diet: (11) 7889.8512

Clínica Fisio Shape:
Av. Pacaembu, 1862 - Pacaembu
Tels: (11) 3871.0649 / 3871.0842

Agende agora sua avaliação nutricional.



sexta-feira, 17 de junho de 2011

MÃE DE PRIMEIRA VIAGEM PELA TERCEIRA VEZ



Quando o Ilan ainda estava na minha barriga, eu imaginava escrever no blog quando ele nascesse.
Pensava em escrever diariamente sobre a amamentação e sobre a difícil tarefa de me alimentar bem para produzir leite em quantidade e de qualidade e ao mesmo tempo voltar ao meu peso (ansiedade que todas nós passamos após dar à luz).
Bem, ele já vai completar 2 semanas e nada de eu conseguir escrever...
Gente, como esse papel de mãe toma tempo! O dia acaba e fico feliz se eu tiver conseguido tomar banho e trocar de roupa...
E ter bebê depois de 7 anos então... 
Algumas coisas mudaram.
A amamentação por exemplo, vocês sabiam que agora se dá só um peito por mamada?
Mas tem coisas que não se esquece, é como andar de bike, você relembra e não precisa aprender novamente. Ufa! Ainda bem!
Faço de tudo para o que o bebê não sinta cólicas (tá bom, eu sei que não depende só de mim, mas o que depender... como deixar de comer alguns alimentos, eu faço!!!).
Não existem estudos extensos que provam que tal  e tal alimento cause cólica, mas alguns especialistas são categóricos quanto a alguns alimentos, então porque não tentar?
Não como chocolate, brócolis, grão do feijão, muito alho (muito por que não é justo deixar a comida do resto da turma com um tempero xoxo), leite de vaca, repolho, café, mate. E o pior é que ADORO alguns desses itens. O chocolate por exemplo, não está sendo nada fácil...
Mas tudo bem, eu aguento, até por que o fato de não comer chocolate com certeza me deixa em vantagem quanto ao meu peso!
Agora a novidade é que o peixe pode causar cólicas no bebê.... e eu AMO peixe. Outro dia não resisti, comi uma pescada deliciosa e adivinha, o Ilan fez aquele côco verde de dor de barriga, me senti mega culpada e decidi não comer mais peixe por enquanto.
Aquele ditado é verdadeiro: Ser mãe é padecer no paraíso.
Bom, pretendo escrever de vez em quando pra falar um pouco mais de amamentação (o quanto é importante e por que), falar da minha alimentação (e o peso de eu ser nutricionista, na teoria e na prática), a volta ao peso ideal, enfim, as minhas experiências como mãe de 1a viagem pela 3a vez!
Até mais.

2 comentários:

Claudia disse...

Dani. Adorei o seu post !

Vc é linda e tem um corpo e uma genética fantásticos ! Em questão de semanas, vc já volta ao seu corpo e ao seu peso.

Adorei as novas dicas. Pena que não pretendo colocá-las mais em prática.. eh he..

Amamantei por um ano e considero uma benção enorme poder ter feito isto pelos meus filhos, que hoje são duas crianças super saudáveis.

Parabéns pelo mais lindo filhote e pela linda família que vc e o Marcelo têm !

Sucesso, Dani !

Bjs

Claudia Hakim
www.maedecriancassuperdotadas.blogspot.com

Anônimo disse...

Dani, é uma delícia ler o seu bolg. Você escreve tão gostoso....continuaaa, se der, claroooo! Sei bem como é ser mãe com diferença enooorme de idade....Mas tudo dá certo no final....Bjao